CCB Hinos - Cabelo Longo

CCB Hinos - Congregação Cristã no Brasil

Quero Gravar Meu CD (dom da música)
Enviar Hinos, Tocatas e Fotos
Notícias e Artigos da Congregação
Coloque em seu site gratuítamente

O melhor site da CCB, milhares de CDS.
Mais rápido, mais seguro com mais hinos

Para assistir aos cultos on-line e em tempo real acesse

https://vimeo.com/congregacao

Portal CCB Hinos Congregação



Cabelo Longo


MARÇO DE 1967



HISTÓRICO:


A Obra de Deus no Brasil foi iniciada em 1910, e até 1932 não havia orquestras nas congregações; apenas algumas delas possuíam órgão. Em maio desse mesmo ano, Deus fez saber a seu servo, o irmão Louis Francescon, que convocasse uma reunião de anciães, diáconos e alguns jovens, a fim de orarem a Deus e apresentarem a necessidade de um conjunto de instrumentos que auxiliasse a irmandade no canto dos hinos. Desde então, muitos irmãos interessaram-se em estudar música, formando assim as primeiras orquestras. Crescendo cada vez mais o seu número, passou essa parte a integrar-se na Obra de Deus. Consideraram então os Anciães a necessidade de haver um irmão Encarregado da parte musical, tendo Deus apontado para esse encargo o irmão Ancião João Finotti, que além de Ter sido um dos primitivos chamados a esta graça, também era músico.


Como crescesse a Obra de Deus e o irmão João Finotti não pudesse atender a todos exames dos músicos, foram colocados como seu auxiliares os irmãos Miguel Oliva e João Baptista Vano, por ocasião da última viagem de nosso irmão Ancião Louis Francescon ao Brasil, em 1948. Anos após foram colocados mais auxiliares, tanto para este Estado (São Paulo) como para outros.


Ora, havendo o Senhor recolhido para Seu reino o caro irmão Ancião João Finotti no dia 01/10/1966, ficou deliberado em uma das reuniões gerais do Ministério de Anciões, não haver mais Encarregado Geral das Orquestras. Os irmãos que eram Auxiliares do mesmo passarão a ser Encarregados Regionais, sendo que os irmãos Miguel Oliva e João Baptista Vano, como primitivos, atenderão a todas as regiões onde não haja Encarregado Regional. À medida que Deus preparar serão colocados mais Encarregados Regionais.


Fonte: Histórico das Orquestras na Igreja - editado por CCB.

Postado em: 28/11/2009 | 15:40:51

VOLTAR

Comentários
  Nome: Danilo Em: 07/09/2013 | 15:21:35 E-mail: -
Comentários:
Lenda da Mulher Bufalo Branco. Um dia, dois jovens guerreiros Sioux estavam caçando nas pradarias do Minesota. Ao subirem uma colina em busca de caça, eles foram surpreendidos ao verem uma jovem mulher, muito bonita surgir diante deles numa nuvem. Retendo o fôlego, eles a observavam. Ela trajava vestes feitas de corça branca. Levava a tiracolo uma sacola de pele e uma pele de búfalo em uma das mãos. Uma pena de águia, trançada nos seus longos CABELOS negros, reluzia à luz do sol. Não tema, ” disse a mulher, ” eu trago paz e felicidade para vocês. Agora me falem, por que vocês estão longe de sua aldeia?”
A graça a beleza dela, incendiou o guerreiro mais velho com pensamentos lascivos, que calou-se. O mais jovem, então respondeu: - Nossa aldeia está com falta de comida. Nós estamos caçando.

- Aqui – ela disse -, leve de volta este pacote aos seus. Diga para os Chefes das sete fogueiras da sua tribo, para reunirem-se na fogueira do conselho e esperarem por mim.

Ela olhou profundamente nos olhos dele e respondeu: - Eu sou o Espírito da Verdade. Seu povo me conhece como a Mãe dos Mais Velhos; mas como você pode ver, não sou tão velha assim. Sou a Grande Mãe, que vive dentro de cada Mãe, a moça que brinca em cada criança. Sou a face do Grande Espírito, que seu povo esqueceu. Vim para falar para as nações da planície. Vá para sua aldeia e prepare a minha chegada. Tenho algumas coisas a ensinar, coisas sagradas que sua tribo esqueceu.

Descalça, como sempre andava nas sua viagens pela terra, ela entrou na grande cabana. Sem dizer um palavra, andou em círculo em torno do fogo que ardia no centro da cabana. Cada vez que seu delicados pés tocavam a areia ao redor do fogo, os que a observavam sentiam que cada gesto seu era uma prece de profunda reverência à terra. Devagar, em silêncio, ela contornou o fogo sete vezes. Quando por fim ela falou, sua voz era como a canção dos pássaros das pradarias.

- Sete vezes, andei em sete círculos em torno deste fogo, em reverência e silêncio. [..]Pousou novamente o graveto no fogo e pegou uma sacola de pele que trazia.

- Nesta sacola, trago um cachimbo para ajudá-los a recordarem os ensinamentos que eu trago. […]
- Este cachimbo sagrado, e cada tragada de fumo sagrado que vocês inalam pelo seu tubo, ajudará vocês a recordarem que cada sopro de vocês é sagrado. O fornilho do cachimbo é feito de pedra vermelha. Tem o formato de círculo. Simboliza a Roda Sagrada, o sagrado círculo da vida, o dar e receber, da inalação e da exalação, pelo qual todas as coisas vivas ingressam na vida pelo poder do Grande Espírito.
Pedindo um pouco de tabaco, Mulher Búfalo Branco colocou-o no fornilho do cachimbo dizendo:

- Este tabaco, simboliza o mundo das plantas, o musgo das pedras, as flores, as ervas, as folhas das relvas que cobre a colina para que sua mãe não repouse nua ao sol. Vocês estão aqui para cuidar da terra. Suas vidas são acesas pelo mesmo fogo que arde no coração do Grande Espírito. Assim falando, ela colocou um pequeno graveto no fogo para que ardesse como chama viva.
- Da mesma forma que acendo esse graveto no grande fogo, assim todo ser humano é uma chama que faz parte do fogo eterno do amor do Grande Espírito.
Devagar, ela tirou o graveto em chamas do fogo, e ergueu-o para que todos o pudessem ver.

- Quando vocês viverem em harmonia com o Grande Espírito, sua chama de amor será vivida sempre por aqueles ventos espirituais. Vocês serão tomados de amor pela própria razão da vida! Acenderão o fogo do amor em todos os que encontrarem. Conhecerão o propósito de sua travessia por esse mundo e saberão que o Grande Ser deu uma chama da vida a todos: não para guardarem sua pequenina chama somente para si, amando apenas aquilo que é necessário às suas vidas, mas sim para que pudessem dar o seu amor, e com o fogo desse amor trazer consciência para a terra.

- Assim como o tabaco queima neste cachimbo de terra que representa as plantas – continuou Mulher Búfalo Branco- , assim também esse búfalo que vocês vêem entalhados no fornilho de pedra do cachimbo representa as criaturas quadrúpedes que compartilham com vocês esse mundo sagrado. As doze penas que pendem o tubo do cachimbo representam os seres alados com os quais vocês compartilham o grande círculo do céu. Em seguida ela passou o cachimbo ao chefe do conselho dizendo:

- Tomem este cachimbo. Agradeçam ao Grande Espírito, e passem o cachimbo aos outros do nosso círculo. Que seus pensamentos sejam elevados ao Grande Espírito que vem agora mexer com suas memórias, abrindo os olhos de seus narradores. Cada amanhecer que nasce vermelho no céu do leste, como o fornilho vermelho deste cachimbo, é o nascimento de um novo dia, de um dia sagrado. Lembrem-se sempre de tratar cada criatura como um ser sagrado: as pessoas que vivem além das montanhas, os pássaros, os peixes e os outros animais, todos eles são irmãs e irmãos de vocês. Todos constituem parte sagradas do corpo do Grande Espírito. Tudo é Sagrado.

Neste momento, o cachimbo começa a ser passado de mão em mão. Depois que todos que estavam na cabana deram uma baforada, Mulher Búfalo Branco levantou com reverência o cachimbo para que todos vissem. Ela deu uma pequena baforada no cachimbo e disse:

- Parem suas atividades. Procurem uma pedra sobre a qual sentar. Rogando orientação do Grande Espírito. Acendam o cachimbo e deixem que o fornilho vermelho lhes lembre a sagrada escritura, o caminho da vida, o trilho vermelho do sol. Depois de ter aspirado seu fumo em honra do Grande Espírito, em honra da Mãe Terra, em honra dos animais e das pessoas que são fiéis à realidade, depois de ter dado graças as quatro direções, então aspirem uma vez mais para pedirem orientação aos grandes seres alados do mundo dos espíritos.

Quando falou novamente, comparou seus ensinamentos a uma árvore; uma árvore que iria florescer à medida que tomavam a si essas coisas, plantando-as no coração de cada um e aplicando-as no dia a dia. Guardando o cachimbo na sacola, ela continuou:

- Mas a brasinha permanecerá. Em silêncio, continuará. Mesmo quando vocês tiverem sua terras invadidas, vendidas e roubadas. Essa brasa ainda manterá sua luz acesa, e saibam, meu povo que um grande fogo pode sair de uma única brasa!

- Quando a tempestade passar, essa brasa acenderá um alvorecer mais forte do que qualquer outra alvorada. Uma nova árvore crescerá, mais gloriosa do que esta que agora deixo com vocês. Com o novo alvorecer, eu voltarei e viverei com vocês. Debaixo da sombra dessa árvore, estarão reunidos não somente as tribos vermelhas, mas as tribos brancas, as tribos negras e as tribos amarelas, vindo de todas as direções. Em harmonia, as quatro raças viverão sob os ramos da nova árvore. Tudo que foi quebrado será refeito por inteiro. A Roda Sagrada será consertada. A comida será farta e os espíritos de todas as criaturas alegrar-se-ão na harmonia de uma nova ordem, perfeita. O Grande Espírito, estará atuando dentro das raças, vivendo, respirando, criando através dos povos da terra. A paz virá as nações.

Despediu-se dizendo que voltaria um dia, então transformou-se num Búfalo Branco, e sumiu envolta nas nuvens e nunca mais foi vista.

“Grandes mudanças estão a caminho com o nascimento do Búfalo Branco.”
Com o nascimento de um Búfalo Branco, em 1994, em Janesville, no estado de Wisconsin, nos Estados Unidos. Torna-se mais próximo o cumprimento da profecia sagrada de que irá surgir uma nova idade de unificação e espiritualidade global, enchendo-nos de uma esperança maior para o novo milênio.
Da’Naho! (Assim seja)

Responder para: Danilo

 
  Nome: Adauto Em: 07/09/2013 | 14:40:49 E-mail: -
Comentários:
Céu da Cura Lakota. Normas de Conduta deste CÉU

• Mulheres: DEVEM VESTIR: roupas claras, VESTIDO ou saia comprida, blusa sem decote, sem transparências e sem deixar a barriga aparecer.

• Homens: DEVEM VESTIR: camisetas com mangas, que não seja regata, calça comprida e de preferência que sejam claras.

Comparecer com antecedência de 30 minutos do horário marcado para inscrição e avaliação.

Responder para: Adauto

 
  Nome: Henrique Em: 06/09/2013 | 19:40:14 E-mail: - riquenogueira@yahoo.com
Comentários:
CAILLEACH, fada das Terras Altas da Escócia, onde é considerada a Rainha do Inverno, justamente porque só pode ser vista nessa época do ano. Sua forma é de uma mulher jovem e bela, com uma LONGA CABELEIRA branca e rosto azulado pelo frio. É benévola com os homens.

Responder para: Henrique

 
  Nome: Amauri Em: 05/09/2013 | 09:59:46 E-mail: - maurofvillas@bol.com
Comentários:
Para os wiccanos a meditação é uma técnica que lhes possibilita purificar a mente e preparar-se para a magia ou para a adivinhação. Aquilo a que se chega por meio da meditação é empírico – alguns acham que e Deus, ou os deuses, outros que é o subconsciente, alguns acreditam que pode ser o inconsciente coletivo, outros pensam que é o Diabo. A meditação é uma prática que pertence a todas as denominações; todas as grandes religiões tem tradição e técnicas que utilizam a meditação e especificam os beneficios espirituais que ela produz.

Responder para: Amauri

 
  Nome: Matilde Em: 04/09/2013 | 08:48:32 E-mail: - tildepergolato@globo.com
Comentários:
Fulla (Volla), “A Deusa da Plenitude” era descrita como uma mulher pálida, jovem, com LONGOS CABELOS dourados, presos nas têmporas por uma tiara de ouro.

Responder para: Matilde

 
  Nome: Cleofas Em: 03/09/2013 | 12:14:07 E-mail: - cleofaslsilva@yahoo.com
Comentários:
Projeto Rosa dos Ventos shared August 11
De acordo com ensinamentos ancestrais, ligados à Tradição do Fogo Sagrado de Itzachilatlan, é possível acessar curas e campo informacional, através de um desenho ritualístico, com utilização de plantas de poder. Assim, acende-se um fogo no centro de um circulo onde as pessoas se acomodam para a realização da cerimônia. Durante a noite são acesso 4 tabacos:O primeiro, tabaco do propósito; o segundo o da água; o terceiro o tabaco do poder; e o quarto dos alimentos, assim se passa a noite, rezando,cantando,brincando, num estado de alegria, de muita magia e encantamento.

"Através de um estado mais ampliado de consciência conseguimos nos conectar com nossos mitos, símbolos, nossa verdade interior. Conseguimos expandir a nossa percepção para os mistérios que estão guardados em nós mesmos. Aprendemos a sentir, ver e ouvir a energia, nos religamos com o Sagrado, com a fonte criativa de tudo o que nos acontece, alcançamos níveis profundos do nosso Ser"

Será dia 24/08/2013, Chegada a partir das 20hs, início às 22hs. Contribuição: R$ 150,

Trazer roupas confortáveis e quentes, (as mulheres deverão trazer SAIA ou VESTIDO, uma almofada e um cobertor.

Podem trazer também roupas para Temazcal, opcional, saia ou canga, blusa ou camiseta (mulheres) traje de banho (homem), além de sandália de dedo e toalha.

Responder para: Cleofas

 
  Nome: Claudete Em: 28/08/2013 | 19:56:12 E-mail: - detetmarques@terra.com
Comentários:
Plenilúnio: Celebração de Maria Madalena Data: 22 de julho de 2013 às 20h

Usar saia ou vestido na cor vermelha e adereços no cabelo.

Responder para: Claudete

 
  Nome: Egidio Em: 27/08/2013 | 18:59:12 E-mail: - gidinhotneves@ig.com.br
Comentários:
CONVITE PARA TRABALHO COM AYAHUASCA - de de 2013
INSTITUTO ESPIRITUAL CÉU DA PLENITUDE
O que trazer - Paz, respeito, humildade, seriedade...
- Colchonete ou saco de dormir; agasalho e cobertor ou edredom. (venham bem agasalhado)
- Roupas de tons claros.

- Mulheres portar saia longa (abaixo do joelho) e blusa sem decote ou transparência.
- Homens trajar calça comprida e camiseta de manga.

Homens e mulheres não se misturam
O Trabalho é individual.

O Trabalho é de concentração/meditação, despertar a visão interior/viagem interior.
Sentado na cadeira a primeira parte do Trabalho, que tem duração de aproximadamente 3hs. Duração total de 6hs. Durante o Trabalho procure não se mexer ,não fale, mantenha os olhos fechados o máximo de tempo possível.

Responder para: Egidio

 
  Nome: Vando Em: 25/08/2013 | 12:40:26 E-mail: - vandosouza@yahoo.com
Comentários:
Iyalorixá ou Iyá ou ainda Ialaorixá é uma sacerdotisa e chefe de um terreiro de Candomblé Ketu, popularmente denominada mãe de santo.

Ela é a responsável por tudo que acontece, ninguém faz nada sem sua prévia autorização. Sua função é sacerdotal, ela faz consultas aos Orixás através do jogo de búzios.

Responder para: Vando

 
  Nome: Josina Em: 23/08/2013 | 18:12:10 E-mail: - josinatrp@uol.com
Comentários:
A felicidade guerreira de Beth de Oxum

Yalorixá, percussionista e militante, a cantora comemora 15 anos de sua roda de coco
Multi-instrumentista, Beth já viajou boa parte do mundo ocidental para participar de encontros de lideranças comunitárias ou dar oficinas de percussão, com congas, abês e alfaias. “Toco os instrumentos para frevo, ciranda, afoxé, cavalo-marinho, esse universo todo da cultura popular”, diz ela, que, mesmo ex-aluna de canto e solfejo do antigo Centro de Ensino Musical de Olinda, teve sua grande escola de formação nos terreiros de Olinda. “Minha mãe não era do candomblé. Mas minha irmã mais velha já era. Sempre morei perto de candomblés, minha casa passou a ser um terreiro comigo”, diz ela, ex-assídua nos terreiros de Ivanildo de Oxóssi, Genivaldo de Oxum, no Barro, e Mãe Lúcia de Oyá, no Janga. Além disso, tem seu habitat como parte da formação. “Minha grande escola é o terreiro”.

Vestidos ou batas de estampas africanas, CABELOS longos de um rastafári cuidadosamente cultivado, Beth de Oxum não hesita em alterar a voz, como se falasse para uma comunidade, toda vez que algum assunto espinhoso se lhe apresenta.
Com um olho na festa e outro na luta, Beth, hoje, bota sua felicidade guerreira para sambar no Beco da Macaíba.
15 anos do Coco da Umbigada. Beco da Macaíba, s/n. Guadalupe.
A partir de 20h Bruno Albertim, Publicado em 01/06/2013, às 08h00

Responder para: Josina

 

« Anterior - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - [ 8 ] - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - Próxima »

 

Veja abaixo alguns produtos para irmãos e irmãs

 
Renda Média
R$ 86,12
Véu Redondo para Mocinha
R$ 51,50
Véu Quadrado Infantil
R$ 35,10
Véu Quadrado Largo
R$ 71,50
Renda Média
R$ 50,00
Véu Redondo para Mocinha
R$ 51,50
Renda Média
R$ 44,54
Renda Média
R$ 86,12
Renda Larga
R$ 93,12
Renda Média
R$ 84,72
Renda Média
R$ 52,52
Véu Redondo Renda Larga
R$ 71,50
 
INDIQUE O CCB HINOS PARA NOSSOS IRMÃOS, AMIGOS E TESTEMUNHADOS
   
Seu Nome:
Seu Email:
Pessoa indicada (nome):
Pessoa indicada (email):
Digite uma mensagem para seu amigo:
 
         


Sistema para Imobiliária

*Site não vinculado com a entidade Congregação Cristã no Brasil.

Desenvolvido por KUROLE